Era uma vez

Era uma vez
O dia em que todo dia era bom
Delicioso gosto e o bom gosto
Das nuvens serem feitas de algodão
Dava pra ser herói
No mesmo dia em que escolhia ser vilão
E acabava tudo em lanche, um banho quente
E talvez um arranhão
Dava pra ver
A ingenuidade, a inocência cantando no tom
Milhões de mundos e universos tão reais
Quanto a nossa imaginação
Bastava um colo, um carinho
E o remédio era beijo e proteção
Tudo voltava a ser novo no outro dia
Sem muita preocupação

 

É que a gente quer crescer
E quando cresce quer voltar do início
Porque um joelho ralado
Dói bem menos que um coração partido

 

É que a gente quer crescer
E quando cresce quer voltar do início
Porque um joelho ralado
Dói bem menos que um coração partido

 

Da pra viver
Mesmo depois de descobrir que o mundo ficou mal
É só não permitir que a maldade do mundo
Te pareça normal
Pra não perder a magia de acreditar
Na felicidade real
E entender que ela mora no caminho
E não no final

 

É que a gente quer crescer
E quando cresce quer voltar do início
Porque um joelho ralado
Dói bem menos que um coração partido

 

É que a gente quer crescer
E quando cresce quer voltar do início
Porque um joelho ralado
Dói bem menos que um coração partido

 

A vida não vem com um manual de instrução. É preciso viver cada dia com o ônus e o bônus dos erros e acertos. A vida é caminho que segue em frente… sempre! A beleza é amadurecer com sensibilidade sem enrijecer o coração. E crescer, muitas vezes, é um processo doloroso e belo.

 

Amadurecer é assumir as rédeas da própria vida, não como vítima ou vilão, mas como protagonista da sua história e escolhas. Não ousar viver os desafios da vida gera imaturidade e comodismo. A felicidade está no caminho e no caminhar e não no final, nos diz a música.

 

Esquecemos de ser leves e nos tornamos pesados a nós mesmos e ao outro. Eis o segredo: crescer e manter a capacidade de ser leve como criança que levanta a cada queda e recomeça outra vez. Ser leve, sem ser infantil. A infantilidade mina relações e somos seres relacionais.

 

A liquidez dos tempos atuais e das relações tão efêmeras provocam uma nostalgia do passado. Muitas vezes criamos expectativas em relação às pessoas e elas nem imaginam que as temos. Nós mesmos não seríamos capazes de vive-las. Transferimos a responsabilidade pelas nossas frustrações às pessoas. Um joelho ralado dói menos que um coração partido. Amar dói, mas é o que dá sentido ao viver.

 

“A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando de vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal…
Quando se vê, já terminou o ano…
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado…
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas…”

Mario Quintana

 

Marcelle Durães

Anúncios

Playlist: minhas músicas favoritas set/17

superthumb

Nada melhor que fazer uma playlist para registrar quais as músicas preferidas de cada mês, né nón? haha Para começar essa saga, escolhi uma playlist com muita música boa mesmo!

Quem me segue  a algum tempo sabe que eu amo música e amo fazer qualquer coisa ouvindo música! Quem também tem mania de fazer absolutamente tudo ouvindo música? TOCA AÊ!

Pois bem, a primeira playlist dessa série está cheia de cantores conhecidos e desconhecidos que eu não consigo parar de ouvir. Dessa vez montei uma MARA  com as minhas músicas favoritas de setembro de 2017!

❤ SOMEONE NEW – BANKS

❤ GREEN LIGHT – LORD 

❤ YOUNGER – SEINABO SEY

NEVER BE – MEG MAC

JESS GLYNNE – MY LOVE

FAITH – SLEEPING AT LAST

KARMIN – ALONG THE ROAD

JOHN MAYER – HELPLESS

JULIA MICHAELS – ISSUES

BEA MILLER – YES GIRL 

 

♫♩♫ Playlist ♫♩♫ para os dias na praia

large.jpg

Hello, people!

Semaninha começando depois de um feriado prolongado dá aqueeeela preguicinha, mas não desanime não! Força e foco, porque temos que saber curtir e saber trabalhar também! Voltei da praia ontem e nada mais apropriado para a época, do que uma seleção especial feita para vocês leitores e leitoras que me acompanham. São músicas de estilos bem diferentes que podem ser tema das melhores baladas com as amigas, introspecção e inspiração olhando o horizonte através do mar ou quem sabe, amores de verão.

Qual música não pode faltar na sua playlist de praia? 😛

♫♩♫ Playlist ♫♩♫ Ana Vitória

Hello, people!

Semana novinha começando e segunda é dia de atualizar a  PLAYLIST aqui do nosso cantinho @parafrente_fi ) viu que semana passada eu fui a um show lindo de uma dupla que conquistou meu coração: ANA VITÓRIA. Vocês já conhecem o som delas?

Para quem ainda não teve o prazer de ouvir, apresento a vocês as novas músicas que estou totalmente viciada! Trouxe sons pouco conhecidos, mas que estou adorando ouvir esses dias e que ainda não havia mostrado aqui.

Então, chega de papo e aperte o play >>

Gostaram? Me contem o que vocês têm escutado e podem me dar sugestões aqui nos comentários!

Beijos, beijos