Como ficou tarde tão cedo

Resultado de imagem para Como ficou tarde tão cedo

Dezembro já está virando a esquina de um ano novo, e nós estamos formando novos planos, planejando pisar com o pé direito em 2018. Estamos quase lá.

Este é o momento de mudar de rumo, aperfeiçoar os modos, querer mais do que já tem, ser mais do que é, de buscar evoluir.

Momento de abraçar de novo o que talvez esse ano tenha levado. Entre mágoas, angústias, decepções, términos e inícios. Amei e desamei muitas vezes.

Disse coisas que não deveriam ser ditas Fui decepcionada, mas também decepcionei. É momentos de valorizar as pessoas que eu ganhei e nunca imaginei que entrariam em minha vida e de lembrar as que eu perdi e achava que não viveria sem.

De querer um ano constituído por risadas, amor, carinho, expectativa, fé, esperança de ser e crescer. De ter e jogar fora. De recomeçar, só que do jeito certo.

Muitos marcaram, outros ainda vão de marcar, eu sei. É especial deixar claro a importância que cada pessoa tem em nossa vida, a confiança que passa e o amor que convém. Deixar a inveja pra lá, deixar o medo voar e a liberdade se libertar.

Permita-se sentir e agir como bem entender, da melhor forma que julgar ser, mas nunca contemplar a má fé. Iniciar o período de boas vibrações, cheias de emoções e cultivar as diferenças de uma boa maneira. De ajudar, de se doar e se entregar.

Seja hoje. Se ainda não valeu, há de valer, faça você o que quiser fazer. Agradeça, apareça, mereça o teu rumo. Escreva teu destino, compartilhe um sorriso e curta a alegria do viver, do querer, do sonhar e fazer acontecer.

Lecione a harmonia, mostre seu talento, procure aprender. Prepare-se para uma nova era, produza e aperfeiçoe seu bem estar, sua personalidade, seu caráter. Ainda há chances de mudar, de se encontrar. Sobre pessoas alegres que fazem parte de cada vida, que compõe a melodia de cada riso, que pingam um brilho em cada olhar.

Sobre o proceder de cada ação, a energia de cada pensamento e a vontade de estar do lado de quem nos ama, de quem amamos. De um lugar paradisíaco, ou apenas um lugar melhor.

Momento este, de agradecer e contemplar pelo ano de vida, pelo ano que vem, por tudo que vem. De oportunidades a sua caixa de presentes está cheia, de sonhos e desejos.

Anúncios

Hello, gostou do post? Então deixe aqui seu comentário. Beijos

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s