Escrever é uma forma de curar a alma

Escrever é uma forma de curar a alma! É uma forma de gritar em silêncio De chorar em seco De esfregar a alma com sabão. Não posso dizer sobre pintar Porque mal sei casinha desenhar Cantar muito menos, sou desafinada ao extremo Mas aprecio uma bela canção. Sinto que toda forma de arte É um … Continuar lendo Escrever é uma forma de curar a alma

E então, escreva!

Ainda não aprendi a controlar todos os meus impulsos, mas tenho trabalhado bastante nisso. Sempre fui "dramática" demais, sabe? O que para uma pessoa comum seria apenas um "ele não retornou" para mim seria "ele me odeia!". Antes eu me desesperava para tentar falar e mostrar exatamente tudo que eu estava sentindo. E no outro … Continuar lendo E então, escreva!

Meu eu autor

Desde que me entendo por gente, sou viciada em escrever. Escrevia quando estava triste, quando não tinha nada de interessante para fazer, escrevia as minhas peripécias, escrevia diariamente, noite e dia,  no meu pequeno diário... E acabava que tudo se tornava motivo para eu escrever. E aquilo me trazia uma sensação tão boa de alívio … Continuar lendo Meu eu autor