Você tem medo de audiência?

MEDO DE AUDIÊNCIA

A pouca experiência,  o nervosismo, o receio em não saber o que falar ou como agir perante um juiz  e a insegurança fazem com que o medo de audiência seja comum entre os jovens advogados.

Dica de ouro: Se você é estudante e nunca acompanhou uma audiência, faça isso! As audiências são públicas e não há problema algum em entrar na sala e assistir, além de ser uma ótima maneira de começar a ter contato com as suas futuras funções como advogado.

A pressão, o estresse e a ansiedade contribuem para o sentimento de que fazer uma boa faculdade, ser um bom aluno, passar na OAB não é suficiente para garantir uma boa atuação na sala de audiência. Eu mesma estagiei em uma delegacia e assisti audiências poucas vezes durante a faculdade. É comum que encontrar advogados que não tiveram oportunidade de estagiar em escritórios e não puderam adquirir esse aprendizado com mais facilidade.

Pensando nisso, seguem as dicas:

1- você precisa estar atento a toda a audiência para não deixar passar nada que possa ser prejudicial ao seu cliente;

2- você precisa passar tranquilidade ao seu cliente, porque ele próprio já deve estar nervoso com a audiência.

3- foque em qual área é a sua audiência: Trabalhista? Criminal? Cível? É na justiça comum ou nos Juizados? Lembre-se que existem procedimentos específicos para algumas matérias.

4- escreva as perguntas que você deseja fazer às testemunhas ou à outra parte (se for o caso) em um papel e deixe-as visíveis e à mão, fácil de pegar.

5- faça um pequeno rascunho de tudo o que aconteceu no processo até aquele momento, juntamente com as perguntas que deseja fazer. Anote o que foi alegado na exordial, o que foi dito na defesa, quais decisões houveram até aquele momento, se houve recurso, etc.

O MAIS IMPORTANTE: lembre-se que todo mundo fez a sua primeira audiência, e todos os grandes advogados começaram de baixo. é normal ter medo e ficar receoso. O medo ajudará a manter a concentração, mas não permita que atrapalhe seu trabalho.

Anúncios