Meu primeiro discurso

O que é o Rotaract? É uma família disposta a oferecer amor.

Por que  nós somos Rotaract? Porque nós acreditamos que é por meio do amor que nós vamos transformar o mundo.

Hoje, eu não quero pedir para vocês apenas um voto, eu quero convidá-los a embarcarem comigo nos motivos pelos quais nós – JUNTOS – poderemos transformar e inovar nessa nova gestão que se aproxima pelo simples fato de estarmos dispostos a oferecer amor para as pessoas.

Eu acredito demais o poder do Rotaract, no poder de cada um de vocês, no meu poder também. Eu tenho certeza que juntos nós podemos desenvolver projetos que irão melhorar a nossa comunidade.

Eu moro em Mariana há 25 anos, durante toda a minha vida estive aqui, meus amigos, meus parentes e minhas melhores recordações estão nessa cidade e é por esse motivo que nutro um carinho especial por cada cantinho daqui. Nada mais justo que retribuir por meio dos projetos comunitários tudo que essa cidade me ofertou. Eu quero transformar a minha comunidade e eu quero contar com vocês para que isso ocorra.

Eu quero desenvolver projetos com foco na educação. A educação é capaz de mudar a vida das pessoas, de levá-las a lugares inimagináveis, de transformar a realidade na qual elas estão inseridas. Por isso o Rotaract deve investir na educação da comunidade. Durante a execução dos projetos vamos nos capacitar e capacitar a comunidade local. Vamos doar nosso tempo e nosso talento, porque doar educa. E a educação da comunidade tornará os nossos projetos sustentáveis para serem executados pelos próprios moradores da cidade.

Quero dar toda a minha força de vontade, dedicação, empenho e organização para essa nova gestão e tenho certeza que se juntarmos isso ao apoio e a ajuda de cada um de vocês o Rotaract poderá ser um divisor de águas na vida de muitas pessoas!

Nesses 12 meses em que participei do Rotaract vivenciei cada projeto do club, desde às reuniões, as visitas ao lar de idosos, figueira, CIF, palestras, Noite de Caldo, Novembro azul e tantas outras oportunidades de companheirismo que tivemos. Percebi que na maioria das vezes o que precisamos é muito mais do experiência na família rotária, mas sim a capacidade de estar presente e se fazer presente. Pude conhecer cada um de vocês e afirmo com total convicção que todos são dignos da minha admiração e gratidão,  reforço que sem vocês não poderia ter participado de ideias, anseios, nem tão pouco, resultados.

Somos um Club formado por 14 membros sendo que 10 deles são mulheres. Mulheres fortes, capazes inteligentes e lindas por dentro e por fora. Quantas vezes pediram nossa opinião? Quantas vezes questionaram nossa posição? Quantas vezes esqueceram de nos avisar dos projetos? Quantas vezes você se sentiu deslocada? Sentiu que não era boa o suficiente? Vamos mudar isso! Uma apoiando a outra – hoje e sempre –sororidade! Vamos transformar nossa representatividade numérica em um lugar de fala que nós merecemos. Nós já merecemos esse lugar, agora precisamos apenas ocupar! A desigualdade de gênero é uma escolha. Podemos todos juntos mudar esta história.

O nosso objetivo em comum é estarmos a serviço da comunidade. Somos todos indivíduos únicos e diferentes. Porém essas nossas diferenças nos ajudam a construir um mundo melhor. Juntos somos melhor que sozinhos…. Como disse o autor do pequeno príncipe:

Se queremos um mundo de paz e de justiça temos que pôr, decididamente, a inteligência a serviço do amor”.

Convido todos a se juntarem a nós, para colocarmos nossa inteligência a serviço da humanidade

Obrigada a todos por terem me permitido usar a palavra e, quem sabe, surpreendê-los

 

 

Anúncios