Fui criada pelos meus avós

Eu nasci numa cidade pequena no interior de Minas Gerais em 1992. Minha mãe foi mãe solteira aos 21 anos. Meu pai biológico não quis me assumir e meus avós expulsaram a minha mãe de casa durante a gravidez dela. Eu não sei muitos detalhes dessa fase da vida da minha mãe, mas posso imaginar que não foi fácil ficar pulando de casa em casa com uma criança no ventre.

Os meus avós não são pais biológicos da minha mãe. Antigamente, era costume algumas famílias com melhores condições de vida pegarem crianças para “criar”. Foi assim que os meus avós não biológicos fizeram com a minha mãe. Ah, sobre os pais biológicos da minha mãe nós não temos nenhuma notícia concreta. Me parece que a mãe dela era de outra cidade no interior de Minas e veio parar aqui porque foi expulsa de casa porque estava grávida. Sim, a história  se repetiu. Ela criou a minha mãe num bordel onde ela trabalhava até a minha mãe fazer 5 anos. Depois ela faleceu e minha mãe foi vagando de casa em casa até chegar aqui em casa.

Digo aqui em casa, pois a minha mãe me deixou com meus dois irmãos aqui na casa dos meus avós. Nós não temos o sobrenome deles mas fomos criados por eles, por isso chamamos de avós.

Como meu pai biológico não me assumiu e minha mãe se casou com os pais dos meus irmãos quando eu tinha dois anos, o pai dos meus irmãos me registrou e eu o chamo de pai.

A minha diferença de idade para os meus irmãos não é muito grande sou 3 anos para o do meio e 6 anos para o caçula. Mas desde sempre eu que os ensinava a fazer dever, que ia na reunião de escola deles, que xingava quando eles faziam coisa errada e que levava os xingos quando eles faziam coisas erradas. Eu sempre fui bem revoltada com isso, pois ninguém nunca tinha feito para mim e eu tinha que fazer por eles, então, certamente, eu não fiz isso muito bem.

Quando eu fiz dezenove dezesseis anos o meu avó ficou muito doente e minha avó se mudou para BH com ele. Ele passou um ano no hospital. Durante esse período, eu e meus irmãos moramos nas casas dos meus tios não biológicos. Meus pais não perguntaram nem se gostaríamos de ficar com eles ou se precisávamos de algo. Foi uma fase bem complexa na minha vida.

Depois desse um ano no hospital meu avô voltou para casa bem debilitado, ele tinha traqueostomia para falar e gastrostomia para se alimentar. Não conseguia se locomover muito bem e  nessa fase eu e minha avó enfrentamos uma barra para nos reversarmos para cidar dele. Meus irmãos ainda eram novos, então não me lembro muito bem como eles participaram de tudo isso, mas como soua  mais velha, sempre tomei as redeasda situação.

Meu avó morreu quando eu fiz dezenove anos. Ele era a minha referência paterna. Depois que ele se foi, minha avó que não tinha nenhuma experiência com bancos, supermercado, controle de casa e tudo mais, passou a ser 90% dependente de mim. Vários tios meus começaram a dar ordens dentro da minha casa e eu nem sei como sobrevivi aquele caos.

No fim de 2016 minha irmã saiu a noite, foi atropelada de madrugada e eu saí de casa a noite de pijama e tive que resolver tudo com a polícia, com médico e com o hospital, Ela ficou três meses sem andar, justamente na fase em que eu estava estudando para OAB. Assim que ela mehorou a minha avó caiu na fazenda, quebrou o fêmur e eu fique uma semnaa com ela  no hospital, na fase em que eu estva escrevendo minha monografia.

Até hoje a minha avó não melhorou. Eu e minha irmã revezamos para durmir com ela. Mas a minha irmã sai, viaja e me deixa sozinha aqui. Como as pessas já se acostumaramm que essa é a minha obrigação e como eu sou bem troux amesmo, já me sinto parte da mobília da minha casa. Já perdi oportunidades de emprego, já abri mão de relacionamentos e vida social. E assim a vida segue.

Nada na minha vida foi fácil. Mas eu sou muito grata por tudo que eu tenho e por todas as experiências que vivi. Foi por causa de cada uma delas que eu me tornei quem eu sou hoje. Tenho orgulho da minha história de vida

Anúncios

4 comentários sobre “Fui criada pelos meus avós

  1. Jaene Alves Profeta disse:

    Não é atoa que você me encantou desde o início!! Faltou a parte de como entrou na faculdade hahahahah, seu curso, enfim
    Continue batalhando sempre, você é guerreira 👏👏👏👏 Abraços

    Curtir

Hello, gostou do post? Então deixe aqui seu comentário. Beijos

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s