O grande segredo para esquecer um amor

amor 01

Hello, advogatas!

Antes de começar o texto, quero compartilhar com vocês que esse blog, antes de falar sobre o mundo jurídico, fala sobre nós, mulheres, e vou postar aqui sobre amor SIM e deixar aflorar nosso lado romântico também!  Eu recebo alguns e-mails semanalmente de advogatas sofrendo por amor (se quiser me contar sua história é só me enviar no fiamavsa@yahoo.com.br )! Ora, mesmo sendo lindas e absolutas, é normal sermos seres humanos comuns e termos nossos corações partidos vez que outra.

Por experiência própria, já tive aquele amor que me marcou mais que tatuagem de presidiário e assim como a tatuagem de presidiário foi um amor difícil. Alguns gostam de classificar esses amores como sendo amores impossíveis de se esquecer. Mas sabe o que eu acho? Esses amores não foram feitos para serem esquecidos, mas superados.

É muito fácil ser iludida. Cair no conto da carochinha. Acreditar que existe amor por trás daquele “bom dia”, “boa tarde” e “boa noite”. Achar que aquele “beijos, beijos” tem algum significado, que aquele me “lembrei de você ouvindo essa música” repleto de nostalgia tem algum significado real. Pensar que a intenção de um “vídeo na praia” num sábado de manhã tem significado.  D O C E   I L U S Ã O.

Tudo isso graças aos benefícios da internet, da facilidade com que as pessoas falam “eu te amo” sem se preocuparem com o significado que essas três palavrinhas têm. É fácil encontrarmos as pessoas certas, com os gostos certos e a rede social  tem se saído melhor que a análise do antecedente criminal do sujeito. É só dar uma olhadinha. Não trabalha no VASP? Não curte Bolsonaro ou Orgulho Hétero? Pronto, está limpo. E não falo só de romance virtual, mas de romances que começam na internet e vão para o mundo físico. De romances que envolvem pessoas certas na hora errada. Ou pessoas erradas na hora certa. Essa postagem é pra você superar qualquer tipo de amor.

Depois que você levou o pé na bunda ou foi obrigada a dá-lo, bate aquele sentimento de confusão. Você fica mais perdida que os vendedores ambulantes em dia de batida policial. Não sabe o que fazer, para onde correr, o que pegar para levar contigo e sempre vai achar que você sente saudade da pessoa com quem estava, mas você não sente saudade dela.

A verdade é que ninguém sente saudade de ninguém. Todo mundo sente saudade dos momentos que essa pessoa proporcionava a você. Duvido alguém falar “ai, eu sinto saudade, porque ele era alto” ou “sinto saudade dele por causa do jeito que ele andava”. Você sente saudade dos momentos felizes, dos risos e de coisas únicas que só aconteciam ao lado daquela pessoa.  Você sente saudade de rir, de desabafar de compartilhar momentos. Nunca da pessoa, mas do que ela representa e do que acontece quando vocês estão juntos.

Não vale a pena gastar energia, saliva, vida e outras coisinhas mais com quem não se importa com você. Não vale a pena investir tempo numa relação que não é recíproca. Não vale se importar com quem te acha substituível. GAROTA, SEGUE  A VIDA! Você tem um mundo lindo te esperando ❤ #Sóvai

Anúncios

Um comentário sobre “O grande segredo para esquecer um amor

Hello, gostou do post? Então deixe aqui seu comentário. Beijos

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s