VIDA: caixinha de surpresas

Hello! 🙂

pico 1

E sete meses já se passaram desde que eu fiz o meu planejamento para este ano. Anotei tintim por tintim o que eu pretendia fazer: viagens, dietas, cursos, organização.. Isso tudo como se a minha vida fosse ditada apenas por mim, como se  o destino não me pregasse várias peças diariamente. E eu gosto muito desses planejamentos, de fazer listinhas e tudo mais, pois assim consigo me manter em dia com meus projetos, mas confesso que várias vezes já me vi absolutamente frustrada por não ter conseguido seguir a risca minha listinha. Venho aprendendo que a vida é muito mais uma caixinha de surpresas do que uma listinha de fim ano.

O primeiro post que eu fiz aqui foi falando das minhas metas para 2015. Tinha meta para tudo! Eu ainda o atualizo frequentemente riscando o que já consegui cumprir. Mas tem tanta coisa lá que eu tenho certeza que eu não quero mais, que não me fariam bem, que não fazem parte das minhas expectativas e nem dos meus sonhos. Coisas que se encaixariam perfeitamente com quem eu era, mas não com quem eu me tornei. E, graças a Deus, eu consegui perceber que ser neurótica com planejamentos não me ajuda em nada. Só me frusta.

A vida da gente já tem regras demais a serem seguidas, talvez seja até bom deixar o destino tomar as rédeas de vez em quando. E não me entenda mal. Não sou a que curte 100% o estilo “deixa a vida me levar”, eu prefiro ter um planejamento, ter metas, listas e tudo mais. Mas eu acredito que não é porque as coisas saem diferente do “meu” esperado que eu deva desistir, às vezes esse era o melhor a acontecer, e quando você aceita que há essa possibilidade, suas expectativas diminuem, o que facilita a aceitação, recuperação e a busca de novos caminhos.

Todos os anos eu enfrento novos desafios e me proponho a encara-los da melhor maneira possível. Com isso, eu cresço, amadureço e evoluo como pessoa. Essas mudanças nem sempre demoram um ano para acontecer, num segundo minha cabeça já muda completamente. E mudar é bom, aceitar a mudança é ótimo! Pessoas que eu pensava que jamais conseguiria viver sem, se tornam meros conhecidos num piscar de olhos; Acho que o legal da vida é isso: saber lidar com essa “surpresinhas”.

Eu acredito muito na sorte, acredito que existem planos melhores que os meus e principalmente que as minhas escolhas e o meu esforço vão garantir o meu futuro. A pessoa que eu me tornei é mil vezes melhor que a pessoa que eu queria me tornar a nove meses atras.

E o que eu peço para os dias que estão por vir?  Que seja doce, que seja doce, que seja doce…

Como você lida com essa “caixinha de surpresas? Me conte, vou adorar saber =D

Beijos beijos

2 comentários em “VIDA: caixinha de surpresas

  1. Há sempre mudanças na vida e em nossos programas. Eu tenho uma imensa dificuldade em lidar com o inesperado. Coisas que me tiram do ritmo que havia imposto a mim mesmo. Atividades não programadas e tudo mais. Um pedido de alguém de repente. Enfim….Abrs

    Curtir

Hello, gostou do post? Então deixe aqui seu comentário. Beijos

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s