É bem melhor a gente deixar rolar

sim sim simsimsims

Nada programado. Não estava esperando e muito menos procurando, para ser sincera. Quando eu menos esperava… Aconteceu. Sei que para você também foi assim. E já percebi que nós não sabemos lidar com isso.

Tenho andado distraída, desconcentrada, mas também notei que você está diferente. Fica calmo, vai. Está tudo bem. Eu sei bem como é se sentir inseguro com relação ao futuro. Sou mestre das incertezas e inseguranças.

Por um longo tempo, eu refleti sobre “romances” – mesmo sem querer, eu acabo me envolvendo fácil – e descobri que pessoas como eu, sofrem muito mais quando estão acompanhadas do que quando estão sozinhas. Resolvi ficar quietinha na minha “zona de conforto”.

E sim, eu sei como é maluco sair da nossa “zona de conforto” e encarar novas emoções se aventurando em diferentes desafios. Eu sei que a gente sempre pensa que tudo vai dar errado, que estamos sob um carma de que nada vai dar certo. É só preocupação.

E isso não é má vontade, é tudo culpa da insegurança, desespero e mania de perfeição que eu tenho de sobra. Problema maior é o medo de sofrer de novo e ter que me reconstruir mais uma vez – será que eu consigo? – Ter que rasgar fotos, falar com amigos e família que não foi dessa vez, mais noites mal dormidas, mais noites relendo mensagens..

Nessas muitas idas e vindas da minha vida, eu percebi que deixar de gostar de alguém tem data certa, mas começar não. A gente pode começar a gostar depois de uma conversa no face, um apoio num momento de desespero, ou até mesmo numa saída mui louca! Mas não há precisão quanto a isso. Eu até queria ter deixado anotado na minha testa “NÃO GOSTE DE MAIS NINGUÉM, POR FAVOR!” mas não deu tempo de fazer isso e nem ia adiantar, meu coração é desobediente demais.

Bom, isso tudo é para te dizer que é bem melhor a gente deixar rolar..  Não dá para gente se obrigar a deixar  de gostar de alguém, mas também não dá para fazer coisas que nos obriguem a gostar de alguém. Simplesmente, acontece. Cada fase que vivemos, pede um tipo de pessoa – às vezes queremos carinho, às vezes queremos amor, às vezes queremos aventura – Por muitas vezes fui a pessoa certa na hora errada, mas doeu muito mais todas as outras vezes em que fui a pessoa errada na hora certa.

Não tem receita, não tem manual de instrução. Não precisa ter medo, viu?! A gente não sabe de nada nessa vida, a gente só sente. E é tão bom quando podemos permitir que os nossos sentimentos falem mais alto, né? Bora deixar rolar!

2 comentários sobre “É bem melhor a gente deixar rolar

Hello, gostou do post? Então deixe aqui seu comentário. Beijos

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s