Prazeres normais me encantam

Estou de férias. Não fui para praia, não fiz uma grande viagem, não tive um amor de verão e não fiz nenhuma dessas coisas que se espera das férias. Mas aprendi uma grande lição: não dá pra ser feliz só fazendo o que os outros fazem, nem só no mês de férias. não dá pra perder a graça sóbrio, não dá pra achar que família é sempre pouco.

Snapshot_20150109_52

Aproveitei as minhas férias para vir para casa da minha mãe, numa cidade não muito longe da minha. Nós fomos ao clube, bebemos sozinhas, dançamos muito, brincamos de banho de mangueira, fomos turistar, passeamos com os cachorros, assistimos filme, fizemos compras, conversamos, dormimos abraçadinhas.. Foi tudo tão bom!

Há quem diga que tudo isso pode ser careta demais, não passar de algo simples, óbvio, previsível e retrógrado. Mas para mim foi perfeito.

E com isso tudo percebi que até que enfim chegou o grande momento em que eu parei de buscar respostas em outros lugares e em outras pessoas. Ter ficado com a minha mãe fez com que eu me encontrasse e me conhecesse um pouco mais, fez com que eu pudesse ama-la mais e quem sabe até ajudá-la a se encontrar e a se entender também. Não temos o histórico de convivência mais bonito e invejado, mas mesmo assim continuamos sendo mãe e filha. E vai ser assim para sempre.

Foram dias de grande sorte e de muito amor. Pude entrar no mudo dela, que é bem diferente do meu. Pude desfrutar do carinho, matar a saudade e me esforçar para esquecer tudo de ruim que já passei. Resolvi encarar tudo de frente, pois só nós somos capazes de controlarmos e, talvez, mudarmos a percepção que temos de tempo/ de memória enquanto envelhecemos. E a única forma de fazer isso, é aproveitando cada segundo dessa vida com as pessoas que significam muito.

Eu estava precisando de ar, de amor, de calor, de sol, da minha mãe e visões novas!

Por hoje, me basta ter mil prazeres normais, do que esperar o dia abençoado e iluminado em que coisas diferentes vão acontecer, e que depois, eu vá me tornar incapaz de enxergar, reconhecer e sentir  a beleza e o prazer no simples.

Snapshot_20150109_60 Snapshot_20150109_61 Snapshot_20150109_65 Snapshot_20150109_66 - Copia - Copia Snapshot_20150109_67 - Copia Snapshot_20150109_68 - Copia

17 comentários sobre “Prazeres normais me encantam

  1. Oiii lindoo, fico muito feliz pois a amizade de mae e filha e muito importante!!
    Nos não nos conhecemos mais desejo toda felicidade pra vc sua irmã e seu irmão e seja sempre unidos pois e muito importante!!
    Vc tem que conhecer a minha filha lorrayne!?
    Bjoss…

    Curtir

Hello, gostou do post? Então deixe aqui seu comentário. Beijos

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s