Sobre ter vinte e poucos anos

tumblr_lyk5z3TWft1r6ipclo1_500_large

A “fase dos vinte e poucos” é o momento em que você se descobre, se encontra e se conecta com o seu eu interior. Muitas descobertas. Muitos erros. Muitas experiências. É a época de decidir o que você vai ser quando crescer, de se formar, de começar a trabalhar na profissão escolhida.. Alguns começam a ter filhos, outros se aventuram nas viagens, nas aquisições como a da casa própria e o primeiro carro. Ter vinte e poucos anos quer dizer que você está crescendo. Que você está evoluindo. E principalmente que você precisa começar a tomar as rédeas da sua vida. Ter o controle da situação. Eu sei que é difícil só fazer escolhas acertadas. Mas a hora de tentar é agora. E o que você tomar por certo hoje, refletirá na sua vida amanhã.

Nessa transição você começa a sentir o peso da vida adulta se aproximando cada dia mais. E pensar que um dia eu acreditei que a vida adulta seria a fase de total curtição, muita liberdade, certezas, dindim e que com a maior facilidade do mundo eu seria tudo que eu quisesse ser,  sem ninguém dar pitaco. Não foi bem assim, quer dizer, passou longe de ser assim. Fui surpreendida com  o peso das responsabilidades, eu não tinha, e nem tenho preparo para isso, mas mesmo assim tive que me fazer mais forte.

Eu mal me vi saindo das minhas crises existenciais que tanto me perturbaram na adolescência. Mal descobri quem eu era, sou ou pretendo ser e já estou tomando decisões que irão repercutir pelo resto da minha vida. E nesse caminho louco e corrido, fui atrás das respostas as minhas perguntas. Às vezes eu erro o caminho, às vezes encontro pedras por ele. Mas estou firme e forte.  Estou aprendendo a ser menos impulsiva e mais cautelosa, para tomar decisões mais seguras e não me arrepender depois.

Vinte e poucos anos é para você refletir sobre quem é e o que pode você fazer para se tornar melhor. A gente muda hoje, muda amanhã, muda, muda e continua com vontade de mudar para se tornar alguém melhor. Por isso é fase de descoberta! É processo de reestruturação. Eu vivo um tempo muito especial da minha vida, me vejo mais leve e mais centrada. Mesmo tendo que enfrentar desafios diários..

Nesses vinte e poucos, pode parecer clichê, mas eu aprendi a contar comigo mesmo para tudo, a desapegar de quem não liga para mim, de fatos passados; além de aprender que o apego não me leva a lugar algum.

Para fechar esta reflexão com chave de ouro, vai uma frase da Clarissa Corrêa:

“Ter vinte e poucos anos não quer dizer nada. Trinta. Quarenta. Quinze. Vinte. Noventa. O que importa, no fundo, é quem você é quando está sozinho. Como você é quando está acompanhado. O que sobra quando a luz apaga. O que resta quando o sol acorda.” Clarissa Corrêa

3 comentários sobre “Sobre ter vinte e poucos anos

  1. A verdade é que passamos a maior parte da adolescência desejando ser adultos por que não imaginamos o que nos espera. As resppnsabilidades e escolhas são pesadas e definitivas e as fazemos diariamente: quando escolhemos a faculdade, quando começamos a trabalhar, quando resolvemos sair do serviço, quando decidimos que é a hora de sair de casa. Acho que a melhor forma de enfrentar os vinte e poucos é não se cobrar tanto. Erre o que tiver que errar aos vinte e poucos e se prepare para os trinta e poucos!
    Não preciso dizer que me identifiquei e que amei o post, preciso? Rs

    Curtido por 1 pessoa

    1. Exatamente isso que eu quero fazer: fazer tudo que eu quiser fazer sem medo de errar, e caso erre, consiga aprender e crescer com o meu erro!
      Adoro todos os seus comentários por aqui ❤

      beijos

      Curtir

  2. Penso que não seja fazer sem medo de errar: é fazer estando ciente de que vai errar, e com isso engrandecer e aprender, mesmo que seja para errar outra vez. Afinal o aprendizado nunca se encerra e vai-se errando continuamente. A vida é errante (nos dois sentidos)!
    Liberte-se de qualquer construção que tenha sobre o que é viver também: pode ser que seja graduar, casar, ter filhos. Pode ser nada disso, e aí reside a beleza ímpar da autenticidade.

    Curtido por 1 pessoa

Hello, gostou do post? Então deixe aqui seu comentário. Beijos

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s