Um pouquinho do meu projeto: Centro de Mediação e Cidadania

Hello!!

Eu participo de um projeto de extensão na minha faculdade, ele se chama Centro de Mediação e Cidadania, temos até uma página no facebook, para quem quiser curtir https://www.facebook.com/CentroDeMediacaoECidadaniaUfop?fref=ts . Eu gosto muito e sou muito empolgada com cada dia de trabalho. Tenho percebido, até mesmo dentro da universidade, que as pessoas desconhecem esta prática jurídica. Assim, resolvi escrever um post sobre a Mediação de Conflitos para poder além de divulgar o meu núcleo de atendimento  informar a vocês sobre as vantagens desta prática tão desconhecida do povo brasileiro.

Imagem

  • O que é a mediação??

Mediação é um meio extrajudicial de gestão de conflitos que busca a restauração dos laços afetivos entre as partes conflitantes e a elaboração conjunta de uma solução para o conflito. O processo permite que as partes conversem e participem do conflito, já que são elas que vão decidir o desfecho do mesmo. Isso dá autonomia e contribui para o exercício pleno da cidadania, essencial numa democracia pautada nos Direitos Humanos. Diante de uma justiça lenta, cara e muitas vezes ineficaz, a Mediação propõe soluções para conflitos de forma gratuita e que atenda aos interesses das partes em conflito.

  • Em que casos posso utilizar a mediação?

A mediação é utilizada em qualquer conflito que possa ser resolvido por meio do diálogo. A mediação tem cabimento em todas as matérias que admitam reconciliação, transação ou acordo, sendo a melhor indicação para os casos em que se deseja que as relações entre as partes envolvidas se mantenham preservadas após a resolução do conflito

Imagem

  • Quem pode utilizar a mediação?

Qualquer pessoa disposta a dialogar, desde que seja por livre iniciativa.

  • Quais a vantagem da mediação?

A mediação tem por características a celeridade, a informalidade, a autonomia da vontade das partes, a confidencialidade, a exequibilidade e a prevenção de conflitos.

O procedimento da mediação é simples e flexível, permitindo a construção  conjunta de regras que atendam à disponibilidade dos envolvidos e suas reais necessidades, pautado na autonomia da vontade e no protagonismo dos mediandos, os quais, por conhecerem bem o conflito, apresentam soluções adequadas e, ao mesmo tempo, diminuem os riscos que podem advir de uma decisão imposta por terceiros.

Como a solução do conflito é decidida pelos próprios envolvidos, sem a opinião do mediador, os acordos são mais efetivos, espontaneamente cumpridos e também previnem a reedição do conflito.

O acordo obtido na mediação e reduzido a termo constitui título executivo extrajudicial podendo, a critério das partes, ser homologado judicialmente, hipótese em que se converterá em título executivo judicial.

A confidencialidade é regra na mediação, o que a torna atraente quando por qualquer motivo a publicidade dos atos seja inconveniente. A mediação apresenta uma ótima relação custo-benefício diante da agilidade na resolução do conflito, que resulta em economia de tempo e menor desgaste emocional. Evita ainda gastos com recursos e outros atos judiciais/processuais.

Espero que tenham gostado e estou a disposição para responder qualquer dúvida e compartilhar conhecimentos e experiências!!

Beijos beijos

 

Hello, gostou do post? Então deixe aqui seu comentário. Beijos

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s